segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

John Green, Vlogs e Feriadão

Oi galera!
Desculpem a demora a postar aqui, mas não sei o que houve com o servidor (acho que é isso né?!) que não consegui publicar aqui de jeito maneira. Na verdade nem ver o blog conseguia, pois a página ficava toda branca e fiquei impossibilitada de publicar, visualizar, ler e comentar tanto no meu quanto no blog de vocês. Não sei qual era o problema, mas todo dia acessava e estava lá a página em branco. Hoje que voltou ao normal. Sorry!

Então, enquanto eu estava "de férias" aqui do blog aproveitei para terminar de ler o livro que ganhei há exatos dois anos de um amigo de faculdade, Cidades de Papel do autor John Green e posso dizer que amei a história. Sei que muitos não gostam de spoilers então não se preocupem quem ainda não leu o livro, pois não vou contar o que acontece a vocês.
Enfim, John Green tem um senso de humor incrível, fino e sarcástico que nos entrete e faz com que fiquemos presos às suas histórias, de um jeito bom. Nunca tinha lido nenhum livro dele, somente assisti o filme A culpa é das estrelas, mas confesso que não achei lá essas coisas, talvez porque sempre tive a preferência em ler o livro antes da adaptação para o cinema e sempre gostei mais do livro do que a versão filme. Curioso, mas é verdade. Então, após este pretendo ler outros do mesmo autor e quem saber ter todos os livros.  

Mudando de assunto, outro dia estava conversando com uns amigos de faculdade e tive uma ideia de fazer uns vídeos com eles. (Tá, não é porque todo mundo mundo está fazendo que eu quero fazer também, mas talvez o propósito dessa ideia seja totalmente diferente desses que publicam no youtube só para ganhar fama.) E a ideia era de produzir conteúdo para nós mesmos, compartilhar experiências e talvez trocar informações sobre a nossa área de comunicação e nosso curso, que é o Marketing. Uns ficaram meio receosos, mas outros super apoiaram, então daqui um tempo quem sabe não venho aqui apresentar a vocês meu novo canal. Quem sabe.

Carnaval aí, festas, blocos, muita gente se divertindo, mas felizmente minha única diversão é passar o dia assistindo minhas séries/filmes favoritos, comendo gordices e pensando na minha vida. Feriadão é ótimo para refletir. Não sou fã de carnaval, pra mim a única coisa boa são os dias livres, sem desmerecer quem curte, mas prefiro o bloco do eu sozinho com minha tv. ;)

Enfim, atualizando aqui, próximas postagens já agendadas, então...

See u later!

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Sobre fim das férias e maratona de séries

E aí galera!

Fevereiro chegou e com ele também o fim das férias. Estava tão acostumada com ela que ficar sem fazer nada chegou a ser entediante.
Digo, amo estar de férias, ter tempo para colocar suas coisas em ordem, sair com os amigos, ver filmes, aproveitar a família, mas estar com a mente ocupada, ter uma rotina programada e aprender coisas novas tem lá seus encantos. 
Sempre digo que se ficar sem estudar por muito tempo é capaz que eu surte. Toda minha vida me dediquei aos estudos e sempre planejei a continuidade deles, tipo, antes do Ens. médio terminar, qual faculdade fazer e agora antes desta terminar, qual pós, e assim por diante. As férias sempre são bem vindas, mas por seu tempo determinado. Gosto mesmo é de rotina e correria. (Alok!)

E, enquanto elas não terminam, estou me afundando em maratona de séries. Quem me conhece sabe que amo filmes, cinema e tv, mas quando o assunto são séries eu me transformo. 
Ano passado terminei enfim de assistir todas as temporadas de Friends, me atualizei em The big bang theory, e, graças à minha irmã me viciei em Pretty Little Liars, mas vou falar aqui sobre as duas recentes que estou acompanhando:
Bom, a primeira série é 2 Broke Girls (Duas garotas em apuros). Confesso que logo que assisti achei chatinha e meio sem graça, talvez porque só tenha assistido episódios aleatórios e não tenha dado para entender bem o contexto, mas se vocês assistirem do início vão gostar e se apaixonar por ela.
A série fala sobre duas garotas que trabalham como garçonetes, Max Black (esquerda) é uma garota pobre que, além de garçonete também trabalha como babá para uma ricaça e faz cupcakes para ganhar dinheiro extra e Caroline Channing (direita), garota rica que perdeu tudo e foi trabalhar como garçonete ao lado de Max. As duas sonham em abrir uma loja de cupcakes e precisam de $250.000 para abrir o negócio. A série de desenvolve em torno da luta delas em economizar o dinheiro para tal empreendimento. 

O que mais gosto da série?
A dinâmica entre as duas amigas apesar das ironias da Max. Ela vê a vida sempre de forma negativa e mal humorada, mas de uma forma bem cômica, enquanto Caroline é otimista e tenta sempre colocar a estima da Max pra cima, fazendo até que ela derreta seu coração até se tornarem melhores amigas.  
---
A segunda série que estou amando assistir é Finding Carter (Procurando Carter). A série foi estrelada pela MTV e retrata a vida de Carter, uma adolescente de 16 anos que após ser presa por invasão a um parque de diversões descobre que sua mãe na verdade é sua sequestradora, que a levou do quintal da casa dos verdadeiros pais quando ela tinha apenas três anos de idade. A série se desenvolve em torno da adaptação de Carter à sua nova família, seus pais e irmãos, além dos novos amigos. 

O que mais gosto da série?
Do drama de Carter ao tentar se adaptar em uma nova casa, com pessoas que elas não conhece, mas que são sua família de verdade e a busca pela verdade do porquê sua "mãe" a sequestrou. Sei lá, imaginem você ter uma vida e de uma hora para a outra percebe que era uma mentira e tem que começar tudo de novo. Uma reviravolta. 

É isso pessoal, quem ainda não voltou às aulas/trabalho aproveitem o restante das férias, super recomendo essas duas séries a quem tenha interesse por drama e comédia, pode ter certeza que irão gostar e assim que tiver mais séries irei compartilhar aqui. 

See u later!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...